terça-feira, 17 de abril de 2012

The Love Never Dies. Capítulo 7

Não aguentei ouvir aquilo. Virei-me para dar um tapa na sua cara..
Então Justin me surpreende segurando minha mão e me dando um beijo.
Lutei comigo mesma para me afastar, mas foi em vão.
Justin entrelaçou seus braços em minha cintura e eu coloquei minha mão em sua nuca.
Sua língua explorava cada canto da minha boca, e eu fazia o mesmo.
É a primeira vez em muito tempo que eu me sinto viva e feliz, mesmo só por um instante.
Aquilo estava mais do que bom. Aquilo estava mágico.
A cada movimento eu sentia um arrepio que me enlouquecia cada vez mais.
Escutei alguém pigarrear, e então encerramos o beijo.

Garçom:- Desculpe, mas os outros clientes estão incomodados com esse "afeto" dos dois.
Eu:- Desculpa, nós já estamos de saída.
Garçom:- Tudo bem. - disse e saiu com aquela cara séria.

Não aguentei e comecei a rir. Olhei para Justin que ria também e dei um tapa de leve em seu ombro.
Justin colocou o dinheiro em cima da mesa, pegou em minha mão e começou a me conduzir para fora do restaurante.
Olhei para Caitlin que estava aos beijos com Ryan. Ela não vai precisar de mim.
Não sei direito o que eu estou fazendo, mas eu estou gostando.
Justin me puxou para mais perto e me abraçou de lado.
O cheiro do seu perfume me enlouquecia, eu estava sentindo borboletas no estômago, estava toda arrepiada e minhas mãos estavam soando. Sim, eu ainda o amo.
Não sei ao certo o que será de nós agora, mas eu estou totalmente disposta a me arriscar para descobrir.
Quando chegamos no estacionamento, Justin me puxou fazendo com que eu ficasse na sua frente.
Então, ele começou a me fazer ir para trás até encostar minhas costas na porta do carro.
Ele começou a se aproximar cada vez mais do mim, me fazendo surtar.
Quando nossas bocas estavam a um centímetro de distância, ele sorriu me fazendo sorrir também.

Justin:- Sabe por quanto tempo eu esperei por isso? -disse olhado no fundo dos meus olhos.
Eu:- Não importa - sussurrei - O que importa é que aconteceu aqui e agora.
Justin:- Você é linda - colocou uma mecha do meu cabelo atrás da minha orelha.
Eu:- Obrigada -sorri.

Justin acariciou meu rosto com suas mãos macias.
Fechei os olhos e respirei fundo. Eu definitivamente não queria que aquela sensação boa sumisse.
Abri os olhos e vi aquele sorriso perfeito. Selei-o e logo em seguida dei início a outro beijo.
Aquela sensação era tão boa que parecia que eu estava em outro universo. Só eu e ele.

*Justin ON

Tudo aquilo que eu não tinha certeza, agora está claro como água.
Eu estou realmente apaixonado pela (SN).
Só de poder senti-la, beija-la e toca-la já me fazia uma pessoa feliz. Muito, muito, muuuito feliz.
É tão bom finalmente tê-la para mim, mesmo que seja apenas por um momento.
Encerrei o beijo com um selinho e entramos no carro.
Aquele sorriso lindo não saia de seu rosto, me fazendo sorrir também.
Liguei o rádio e estava tocando uma musica de balada.
(SN) começou a dançar discretamente e eu comecei a rir daquela cena.

(SN):- Só porque você dança bem, não precisa rir de mim. - fez biquinho.
Eu:- Desculpa linda - a selei - é que foi engraçado.
(SN):- Culpa sua que não me ensinou a dançar direito.
Eu:- Você que ficou olhando meu tanquinho em vez de aprender.. - risos.
(SN):- Ment... tá. - riu.

*(SN) ON

Senti meu rosto queimar de tanta vergonha e fiquei quieta por um instante.
Sentia olhares em mim toda hora, e eu não conseguia parar de sorrir.

Eu:- Onde nós estamos indo?
Justin:- Na praia.
Eu:- Mas está escuro.
Justin:- Você já foi a praia de noite?
Eu:- Não, no Brasil se você sair de noite na rua você é assaltado - risos.
Justin: -risos - Então hoje eu vou te mostrar uma coisa que eu realmente amo.
Eu:- Hmm.. OK - sorri.

Chegamos na praia e não havia ninguém. Só o Justin retardado que vai na praia de noite em pleno final de semana em vez de ir em festas.
Justin começou a me puxar para um lugar que eu não fazia a mínima ideia de onde seria.
Então comecei a ver uma rocha bem alta. Justin subiu nela, e me ajudou a subir também.
Ficamos sentados ali vendo o céu estrelado. Estava tudo perfeito.
Justin me abraçou e beijou minha testa. Eu automaticamente sorri e encaixei minha cabeça no seu ombro.

Justin:- Olha ai - Apontou para o mar.

Eu fiquei totalmente impressionada. A lua estava nascendo e era incrível.
Nunca tinha visto uma lua tão grande. Ela estava tão brilhante que parecia dia.
Seu reflexo na água era perfeito. Parecia filme de romance.
Eu e Justin ficamos ali aproveitando o momento juntos.
Com ele eu me sinto segura, feliz.

Justin:- (SN), posso te fazer uma pergunta?
Eu:- Pode sim.
Justin:- Porque você nunca me disse o que você sentia por mim? E porque eu te fiz sofrer?
Eu:- Justin, eu nunca te disse nada porque tinha medo de você não querer mais falar comigo. E eu te via todo dia com uma garota diferente, e isso me machucava de mais.
Justin:- Eu sempre senti algo por você; mas eu era novo e ingênuo. Só fui ter certeza dos meus sentimentos quando você foi embora. E quando você voltou, eu comecei a sentir tudo aquilo de novo.
Eu:- Sei bem o que é isso. Enquanto eu estava fora, eu tentava ao máximo me esquecer de tudo que eu passei aqui. Quando eu te vi de novo, eu senti aquele frio na barriga que só você me fazia sentir. - sorri - a vida é engraçada não?
Justin:- Porque?
Eu:- Eu passei tanto tempo da minha vida tentando esquecer o meu passado e sofrendo por causa disso; sendo que eu só precisava encarar meus problemas. Agora eu estou aqui novamente, vivendo aquilo que eu podia ter vivido anos atrás mas não vivi por covardia.
Justin:- O que importa é que você voltou, e está aqui comigo. - sorriu. - É tão bom estar com você.
Eu:- Justin..
Justin:- Pode falar.
Eu:- Não quero sofrer de novo, é sério.
Justin:- Eu não vou te fazer sofrer (SN), eu prometo.
Eu:- Ok - sorri.

Justin levantou meu queixo e me beijou.
Nós ficamos ali por mais ou menos duas horas apenas trocando carícias e beijos.
Já estava ficando tarde então resolvemos voltar para casa.
Quando chegamos não havia ninguém e estava tudo escuro.
Acendi a luz e levei um grande susto.

------------------------------------CONTINUA--------------------------------------------------
Oi lindas *-*
Não sei se esse capítulo ficou bom, eu ainda não melhorei :/
Obrigada por me entenderem, eu amo muito vocês.
Eu não consegui postar ontem, mas eu fiz um capítulo um pouco maios hoje e mais tarde eu posto outro ok?
Depois eu indico os blogs porque agora eu vou sair..
Muito obrigada mais uma vez. ♥

~~8 comentários~~

7 comentários:

  1. ameeeei o capítulo amor! indica meu blog? é sonhscombieber.blogspot.com :) obrigaaaaada! e continua logo ;*

    ResponderExcluir
  2. sonhoscombieber.blogspot.com **

    ResponderExcluir
  3. aaaaaah ta muito perfeitoooo..continua!!uma pergunta..qm escreve a ib Everything's gonna be alright???vai continuar postando ou vai parar??responde por favor!!

    ResponderExcluir
  4. OMG *_* Até que fim, ê SUPER MEGA FELIZ AQUI :) Continuaaaaaaaaaa ! #bessos !

    ResponderExcluir
  5. OMG ta muito perfeita ú.ú
    até que enfim você voltou, senti saudades
    o que será que fez ela se assustar?
    to amando, continua ♥

    ResponderExcluir