segunda-feira, 14 de maio de 2012

The Love Never Dies. Capítulo 16

Cait:- (SN), vem aqui. - Ótimo, o que ela quer? Provavelmente está brava por causa do beijo.
Eu:- O que foi Cait? - disse interrompendo sua conversa com Justin.
Cait:- O que foi aquilo?
Eu:- Aquilo o que?
Cait:- Não me faça dizer em voz alta (SN), sério.
Eu:- É que de repente todo mundo estava se beijando lá - olhei para Justin - então eu resolvi entrar no clima. E não fui eu que beijei o Christian. Ele me beijou e eu retribui. - levantei uma sobrancelha, acho que ela entendeu o que estava acontecendo.
Cait:- Então tá - sorriu. - É bom ver meu irmão feliz. Eu odiaria vê-lo triste sabia? Então cuidado para não fazer nada para magoá-lo.
Eu:- Eu não vou... Não sou de brincar com o sentimentos dos outros.
Justin:- Ta bom (SN), eu já entendi... Agora eu posso por favor me explicar?
Eu:- Ser explicar do que Bieber? - disse desafiando-o
Cait:- Bom, eu vou atrás do Ryan. - saiu de fininho. Garota esperta.
Justin:- Por favor (SN). Eu só quero que você me dê 2 minutos...
Eu:- Justin, sabe quantos vezes você me disse a mesma merda? Mas dessa vez vai ser diferente, eu não vou te dar chance nenhuma de "se explicar".
Justin:- Eu só vou te contar o que aconteceu. Você decide se acredita em mim ou não.
Eu:- Você não precisa explicar algo que eu vi com meus próprios olhos.
Justin:- Quando é que você vai deixar esse orgulho de lado? Isso só te machuca.
Eu:- Não Justin, meu orgulho não me machuca. Quem me machuca é você, e eu já estou cansada das suas mentiras.
Justin:- Você vai morrer em me escutar só dois minutos?
Eu:- Não Justin. Mas eu vou perder 2 minutos da minha vida com um garoto idiota, e isso eu não quero. - Sai de lá sem ao menos deixa-lo se explicar. Não estava mais aguentando aquela festa.

Fui até a porta e simplesmente sai pela rua, escutando apenas o barulho do vento que batia nos galhos das árvores.
Aquela não era uma rua movimentada; então não havia nenhum barulho para interromper meus pensamentos.
Estava me afastando cada vez mais da festa, indo cada vez mais para a direção do escuro e do vazio.
Cheguei a um certo ponto de escutar até os batimentos acelerados do meu coração, de tanto silêncio que ali fazia.
Avistei algo de longe, parecia um banquinho de baixo de uma árvore. Ao me aproximar vi que aquela árvore era diferente das outras. Seus galhos eram mais escuros e suas folhas mais coloridas... Era uma bela árvore.
Me sentei no banco e fiquei olhando para o nada. O silêncio me incomodava, pois meus sentimentos já estavam altos de mais.
Porque será que merda nenhuma da certo para mim? O que eu fiz para merecer tudo isso? Será que algum dia eu vou ser feliz de verdade? Essas perguntas vinham em minha mente a quase todo instante. Eu estava me sufocando com as mágoas e com aquele choro entalado na garganta.
Olhei em volta, eu estava sozinha, de novo. Já se passaram quase duas semanas, daqui alguns dias eu faço 17 anos e eu prometi para o meu pai que eu passaria meu aniversário com ele.
Vou arrumar minhas malas amanhã e voltar para Atlanta o mais rápido possível. Justin mora no mesmo bairro que eu, e estuda na mesma escola que eu. Eu não vou conseguir evita-lo, mas já é um bom começo.
Escutei um barulho atrás de mim, e antes que eu pudesse me virar alguém coloca a mão na minha boca.
Eu comecei a entrar em desespero. Eu me debatia, tentava gritar... Até que escutei alguém sussurrar em meu ouvido.

xXx:- Calma (SN), sou eu. - A raiva começou a crescer, eu me acalmei e assim que ele tirou a mão da minha boca eu dei um tapa bem dado na sua cara.
Eu:- Justin, você quer me matar de susto? Você tem problema menino? Eu achei que fosse um estuprador, imbecil.
Justin:- Desculpa - disse rindo. - Se eu chegasse aqui e sentasse do seu lado, você não iria me escutar.
Eu:- E você acha que chegando assim, quase me matando de susto faz eu querer te escutar?
Justin:- Não, mas eu não tinha nada a perder - riu.
Eu:- Não é engraçado Justin. Pra você é tudo brincadeira né? - disse indignada e ele parou de rir no mesmo segundo.
Justin:- Desculpa, desculpa mesmo.
Eu:- Pelo beijo, ou por quase provocar um ataque cardíaco em mim?
Justin:- Pelos dois. - abaixou a cabeça - Eu sei que eu sempre estrago tudo. Mas se eu não te amasse, eu não estaria correndo tanto atrás de você.
Eu:- Eu não sei bem se isso é amor Justin.
Justin:- Mas eu sei. (SN), ela que me beijou. Eu estava com ciúmes, você e o Christian estavam dançando tão.. colados.
Eu:- Sério Justin, na boa? Aquela menina estava roçando a periquita no seu pênis e você estava gostando. Agora você vem falar de mim? E como você acha que eu estava me sentindo?
Justin:- Ela não estava fazendo isso... E mesmo que ela estivesse, você acha que eu não queria que fosse você no lugar dela?
Eu:- No lugar dela para que? Roçar a periquita no seu pênis?
Justin:- Não - riu. - Eu queria que fosse você ali dançando comigo.
Eu:- Pois é, mas não era eu. Não era eu te beijando, nem se agarrando com você.
Justin:- (SN), eu estava totalmente dominado pelo ciúmes. A Raissa me agarrou, eu tentei me soltar mas ela estava me prendendo. Eu não ia simplesmente empurra-la de lá. Aquele beijo não significou nada pra mim, por isso que eu deixei rolar... Não ia fazer diferença nenhuma na minha vida.
Eu:- Não isa fazer diferença nenhuma na SUA vida. Você sabe o quanto doeu ver aquilo?
Justin:- E você acha que não doeu ver você beijar o Christian?
Eu:- Foi ele que me beijou.
Justin:- Também foi a Raissa que me beijou. Mas ambos correspondemos.
Eu:- Mas você que se atarracou com ela primeiro.
Justin:- Não importa quem fez isso primeiro (SN). Nós dois fizemos errado.
Eu:- Eu estava com raiva de você ter beijado ela.
Justin:- E eu estava com raiva de você estar toda agarrada com o Christian.
Eu:- Justin, você que se agarrou com a menina primeiro.
Justin:- Eu estava pouco me fodendo para aquela garota (SN). Eu te amo. Eu queria que você estivesse lá comigo, não ela. Eu errei, e eu me arrependo. Mas aquele beijo não significou nada pra mim. Um olhar seu significa mil vezes mais do que qualquer coisa vinda que qualquer outra garota.
Eu:- Doeu Justin...
Justin:- Doeu em mim também (SN). Vamos dar uma outra chance para "nós" ?
Eu:- De novo isso Justin? Quantas vezes nós vamos errar, sofrer e brigar?
Justin:- Até eu fazer certo, te fazer feliz, e ficarmos juntos.
Eu:- De que adianta tudo isso? Nós nem estamos namorando... Ninguém sabe que existe "nós".
Justin:- Então vamos tornar isso oficial.
Eu:- Eu não sei se eu posso...
Justin:- Por que não (SN)?
Eu:- Porque eu não tenho certeza sobre os meus sentimentos.
Justin:- Como assim?
Eu:- Justin, eu estaria mentindo se eu te dissesse que aquele beijo que o Chris me deu não significou nada para mim. - ele apenas ficou queto de cabeça baixa. - Eu te amo Justin. Eu te amo mais do que eu já amei qualquer menino. Mas eu não quero que o Chris sofra, e ele significa sim alguma coisa pra mim. É claro que eu amo você, e só você Justin. Mas se nós queremos fazer isso dar certo, acho que você merece saber a verdade.
Justin:- Se você sente alguma coisa por ele, eu não posso fazer nada (SN). Você vai ter que descobrir sozinha, o que você quer para você.
Eu:- Por que isso agora Justin? Você não pode simplesmente me dar um beijo e dizer "me escolha porque eu te amo"? Seria muito mais fácil.
Justin:- Eu não posso mandar você me escolher (SN). Mas eu posso fazer isso. - Justin se aproximou de mim e me beijou. Aquele sim foi um beijo de verdade. - Eu te amo (SN).

----------------------------------------CONTINUA------------------------------------------
ooi lindas *-*
E ai estão gostando? O que será que a (SN) vai fazer agora? U.U
Tenho duas coisinhas importantes pra falar aqui *-*
1°- Amores, eu estou enrolada com as provas essa semana, então eu não sei se vai dar para postar todo dia tá? Mas eu estou tentando fazer os capítulos menores. Minhas provas acabam dia 17, ai tudo volta ao normal .
2° - Sabe aquela caixinha de mensagens que tem ali no canto do blog pra vocês se comunicarem? Então... Tem pessoas que ficam fazendo comentários um pouco inconvenientes. Mas eu agradeço a vocês que estão me ajudando e me apoiando todo dia com um "Continua. Eu estou amando" Porque é isso que realmente importa ♥

~~10 comentários~~

13 comentários:

  1. aaaaaawn, ta perfeita amor.. ow ow continua *-*

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAA ADOREI SABE EU ADOGO SUA IB ...HAHAHAHAHHA PAREI CONTINUA AMORE

    ResponderExcluir
  3. ta muiiito perfeitooooooo .. o que será q (sn) vai falar??aaaaah curiosidadeee continuaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  4. aaaaaaaaa continuaaaaaaa , ta mt PERFEITO , *O* tadinhu do chris , ele nao merece sofrer s2s2s2s2

    ResponderExcluir
  5. ohh flor vc pode seguir e comentar esse blog?? e se der divulga tbm http://wafe-of-love.blogspot.com.br/2012/01/that-lasts-forever-tedio.html

    ResponderExcluir
  6. Continua to amandooo

    ResponderExcluir
  7. To lendo a sua ib pq a flavia indicou e to amandooooo continua logo pleaser

    ResponderExcluir
  8. Coitadinho do chrisss eu nao quero ver ele sofrer mas eu quero ela com o justinnnnn como faz??????? Continua ta linda

    ResponderExcluir
  9. eeeee] Ta mt mt perfeito ♥

    Cootinua floor , bjs :*

    ResponderExcluir
  10. OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOH que lindo *_* haha amandooooo,quero mais continuaaaaa.

    ResponderExcluir
  11. Leitora nova \o/ Continua logo please *-*
    Se puder tem como lê e comentar no meu ib dizendo oque achou
    > http://stories-beliebers.blogspot.com.br/ <
    E continua o seu ... ♥

    ResponderExcluir